imagem do onda

Notícias de Bonito MS

Destaque

 Com a participação de mais de 100 restaurantes e similares de Campo Grande, Corumbá, Bonito e Três Lagoas, a segunda edição do Circuito Gastronômico “Isto é Mato Grosso do Sul – Sabores da Terra” começa hoje e vai até 21 de maio, reunindo ingredientes do Cerrado, as melhores técnicas e sofisticações dos chefs e pratos típicos e criativos com sabores e temperos diferenciados. Uma experiência incrível para a população e os turistas apreciarem.

Foi com o intuito de preservar e valorizar a rica culinária sul-mato-grossense e proporcionar o prazer às pessoas de sentar à mesa e degustar alimentos que carregam uma história e tradição, a MSGÁS (Companhia de Gás de MS) teve a iniciativa de promover mais uma etapa desse evento gastronômico que já é um sucesso, envolvendo a maior rede de degustação de pratos, cafés e sobremesas das quatro cidades que fazem parte da rota do Gasoduto Bolívia-Brasil.

“Estamos entusiasmados em promover o II Circuito Gastronômico, onde celebramos a riqueza da culinária sul-mato-grossense e fomentamos o turismo, ao mesmo tempo em que destacamos os benefícios e a versatilidade do gás natural como uma energia limpa e eficiente”, afirmou o presidente da MSGÁS Rui Pires dos Santos.

O maior evento gastronômico do Estado conta com o apoio da Fundação de Turismo de MS (Fundtur), Sebrae e Senar. Os estabelecimentos inscritos comercialização pratos com pelo menos um ingrediente regional e pantaneiro: baru, pequi, guavira, nicola, carne de sol, mel do Pantanal, linguiça de Maracaju, erva-mate, polvilho azedo e doce, farinha de milho saboró, galinha caipira, pintado, mocotó, miúdos, derivados de búfalo, coentro, pacu, farinha de mandioca de Furnas, palmito/guariroba, mandioca, traíra e sobá.

Guia de bolso: descobrindo sabores

Na abertura do evento, no dia 6 de maio, em Campo Grande, será lançado o passaporte do Circuito Gastronômico, que consiste em um guia de bolso a ser distribuído nos aeroportos e hotéis das quatro cidades participantes, contento os estabelecimentos inscritos com endereços e seus pratos, os quais vão surpreender o público pela criatividade e sabor. Serão distribuídos cinco mil exemplares do passaporte. A organização finalizou o trabalho de registro dos pratos em vídeos e fotos para postagens também nas redes sociais.

O circuito contará com a curadoria de dois chefs renomados: Paulo Machado, embaixador internacional do evento e um dos expoentes da riqueza gastronômica brasileira, e o bonitense Felipe Caran, que atuará como embaixador sul-mato-grossense.

A realização está a cargo de Márcia Marinho, que atua no segmento como hunter de novos nomes de chefs, produtos e estabelecimentos e criadora de um dos maiores portais de gastronomia do Estado (Saborise) e do Festival de Carnes de MS; José Marques, apresentador de Festas e Eventos TV, veiculado no site Campo Grande News, TVMS Record e CBN Campo Grande, e realizador do Noiva Fashion e do KidsfashionMs; e do Sindha/MS (Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Mato Grosso do Sul).

Destaque

 Uma comitiva capitaneada pela Tour House Eventos e Incentivos, uma das maiores empresas do segmento de eventos e viagens de incentivos, desembarca em Bonito (MS), neste sábado (4), para uma série de compromissos que objetivam colocar a cidade como uma tendência para a realização de feiras, congressos e encontros de médio porte (até 250 pessoas), além de um verdadeiro polo de viagens de incentivo.

A ação, intitulada TH Trends, conta com a presença de 10 compradores de grandes corporações e tem o apoio da Gol Linhas Aéreas, além de parceiros locais, como Pousada Arte e Natureza, Natureza Tour, dos restaurantes Bacuri, Casa do João, Juanitas, Old West e do Centro de Convenções de Bonito.

Entre as visitas previstas pelo grupo de compradores estão a Nascente Azul, o Parque das Cachoeiras e a Gruta do Mimoso, atrativos que revelam todo o potencial natural de Bonito, que cada vez mais tem se mostrado preparada para figurar entre os grandes do Turismo nacional.

“Quando falamos em eventos, o eixo Rio-São Paulo tem um protagonismo incrível, proporcionando equipamentos para todas as necessidades. A questão é que existem outros destinos que oferecem boa infraestrutura e têm total capacidade para atender e surpreender clientes de grandes corporações. Bonito é um desses exemplos: uma cidade viva, repleta de atrativos naturais, com um excelente Centro de Convenções, hotelaria de ótimo nível e boa conectividade. Os voos diretos da Gol a partir de São Paulo fazem toda a diferença”, disse o CEO da Tour House Eventos e Incentivos, Luiz Silva.

O executivo segue sua argumentação alertando para a necessidade do desenvolvimento do turismo interno. “O Brasil é um país riquíssimo e de extremo potencial. Faz parte do nosso compromisso como empresa de eventos e viagens de incentivo promover regiões que unem infraestrutura e atrativos de qualidade. Escolhemos Bonito como primeira cidade do projeto TH Trends por reunir todos os atributos que precisamos para trabalhar em alto nível”, finalizou ele.

Destaque

 Com o objetivo de aprimorar técnicas de gastronomia para ofertar serviços diferenciados para turistas, o Distrito Águas do Miranda, localizado a cerca de 70 quilômetros de Bonito, recebeu a oficina “Delícias no Anzol: fisgado pelo sabor”, ministrada pelo chef de cozinha e turismólogo Marcílio Galeano. Com realização do Sebrae/MS, a capacitação marcou a abertura do 2º Festival de Pesca Esportiva no local, iniciativa da Prefeitura de Bonito, com o apoio do Governo do Estado e do Bonito Convention & Visitors Bureau (BCVB).

A oficina ocorreu na última sexta-feira (26), na Escola Municipal Rural Professor Francisco Anísio Corrêa Ferreira, com o objetivo qualificar pessoas ligadas à atividade pesqueira e turística para oferecer um serviço diferenciado a quem visita o estado. Na ocasião, pescadores e entusiastas aprenderam receitas consagradas internacionalmente como o Ceviche, um prato de origem peruana que leva peixe cru e pode ser feito na beira do rio.

“O Distrito de Águas do Miranda vem se consolidando como um destino turístico de pesca, a ação ocorreu inclusive na abertura do Festival de Pesca Esportiva. Através das técnicas aprendidas os participantes conseguirão entregar receitas e um produto turístico inovador e de valor agregado, é a gastronomia regional sendo potencializada e se tornando oportunidade de renda”, disse a analista-técnica do Sebrae/MS, Lorrany Godoy.

Como parte da oficina, cada participante recebeu um kit contendo receitas impressas, sacola térmica, tábua plástica, faca, potes de armazenamento, hashi descartável, pegador inox, cumbuca de servir, uma camiseta personalizada, um chapéu típico do homem pantaneiro, além de álcool e luva descartável para auxiliar com os padrões de higiene.

O chef que ministrou a oficina, Marcílio Galeano, que também é graduado em Turismo, comenta que a culinária está interligada aos locais turísticos. “Quando o viajante decide ter uma experiência em algum lugar, ele terá lembranças desse momento. Então, essa qualificação vem para entregarmos uma experiência ainda melhor para quem vier visitar o Mato Grosso do Sul. E, nada melhor do que fisgar os nossos clientes, que são os turistas, pelo estômago”, destacou.

Participantes aprovaram a iniciativa:

A coordenadora do Programa de Qualificação para o Turismo, senhora Naiara Vieira dos Santos, reafirma que todos os cursos são de suma importância para o crescimento de todos, e que essas capacitações vem para somar e contribuir diretamente e indiretamente aos que atendem na área, a coordenadora salienta ainda a importância do Programa de qualificação do Turismo tem o poder de transformar a vidas das pessoas: “É gratificante ver a participação da comunidade do Distrito Águas do Miranda estarem preparados para um bom atendimento no ramo gastronômico, tendo um crescimento profissional e certamente terão mais oportunidades no mercado de trabalho.

A pescadora e cozinheira, Scarlett Lorena Bratt, conta que veio até a oficina buscando aperfeiçoar seus conhecimentos e saiu satisfeita ao aprender novos cortes. “Eu estou me profissionalizando na área para atender melhor meus clientes e gostei de aprender os cortes do ceviche e do sashimi, que são diferentes. Gostei muito e valeu à pena participar”, relatou.

Para a coordenadora de ensino médio e extensão da Escola Estadual Bonifácio Camargo Gomes, Jaqueline Aparecida dos Santos, a oficina superou as expectativas e forneceu dicas importantes não apenas sobre culinária, mas também sobre hospitalidade e atendimento.

“O curso superou minhas expectativas, sendo de excelente qualidade, com um professor muito didático que nos ensina a trabalhar com os recursos da nossa comunidade. A parte mais interessante para mim foi o trabalho em grupo e aprender a importância de conquistar os clientes, não só na cozinha, mas em todos os aspectos da vida. Aprendi muito sobre como atender melhor as pessoas e como isso pode impactar positivamente a nossa comunidade e o turismo local” ressaltou a participante.

Poder trabalhar a Gastronomia regional também chamou a atenção dos participantes. Para o militar da Marinha do Brasil, Robson de Oliveira, a capacitação foi uma oportunidade de explorar essa culinária local, além de aprimorar os conhecimentos no preparo de pratos à base de pescados.“A parte mais inspiradora foi o estímulo para refinar o que nós já temos no dia a dia, mas trazendo a visão de empreendedorismo para melhorar a experiência do prazer de se alimentar com pescado fresco e desfrutar de cada refeição com prazer e satisfação”, disse.

A oficina “Delícias no Anzol: fisgado pelo sabor” é promovida pelo Sebrae/MS para capacitar empreendedores ligados ao trade turístico do Estado. Só neste ano, já foram realizadas capacitações em Corumbá, Ladário, Porto Murtinho, Três Lagoas, Miranda, Aquidauana e agora em Bonito.

Destaque

 Uma cena que coroa um dos cenários mais paradisíacos de Mato Grosso do Sul ocorreu na última sexta-feira (26). Um veado-campeiro foi flagrado se refrescando nas águas cristalinas de Bonito, cidade 283 quilômetros distante de Campo Grande.

O registro, feito pelo fotógrafo David Lopes, mostra o animal atravessando o Rio Nascente Azul, que carrega este nome pelo fenômeno de tornar a água azulzinha aos olhos.

“Nunca tinha visto isso, ninguém tinha visto isso na também. Eu cheguei muito perto dele, ele até me viu, eu levantei a câmera, ele me viu. Mas foi um animal muito tranquilo, parece que foi ter um presente de Deus”, contou à reportagem.

O profissional atua no Balneário Nascente Azul e faz fotos dos grupos de turistas que passam diariamente pelo local. Além de registrar os momentos dos visitantes ao paraíso, ele também trabalha na tirolesa aquática.

“Por lá sempre aparece muita anta. Eu estava escutando um animal andando em volta da nascente, mas eu imaginava que era a anta. Fiquei esperando dentro da nascente”.

Destaque

 Concorrendo no tarifário com outros roteiros no mesmo período, Bonito terá um julho especial e mais acessível por via aérea com a maior oferta de voos em um mês de alta temporada: a Azul anunciou que vai operar todos os dias e a Gol sairá de Congonhas direto para o destino durante 22 dias, não operando apenas às segundas e sextas-feiras.

A ampliação da malha aérea, meta da Fundação de Turismo de MS (Fundtur), do município e do trade da Rota Bonito Serra da Bodoquena, impulsiona o fluxo turístico em um mês de maior movimento na região. Em julho do ano passado Bonito recebeu público recorde (29.519 visitantes, segundo o Observatório do Turismo), com 3.036 desembarques no aeroporto regional e 67% de ocupação hoteleira.

A Azul, que voa quatro vezes por semana para Bonito, anunciou os voos extras com saída às 10h55 e 11h05 de Viracopos, aeroporto de Campinas (SP). A Gol vai decolar às terças, quartas, quintas, sábados e domingos de Congonhas, às 14h05.

Mais competitivo

Além de facilitar o acesso de brasileiros e estrangeiros à Capital do Ecoturismo do Brasil, o aumento no número de voos das duas companhias torna a rota competitiva no mês das férias, conforme simulação realizada pela Crisval Tour, agência do Zagaia, resort que integra a rede hoteleira de Bonito.

Em cotação feita para um mesmo período de julho, a tarifa de ida e volta do voo São Paulo-Bonito se equiparou a outras duas rotas (São Paulo-Recife e São Paulo-Porto Alegre) de maior procura, numa demonstração de que Bonito se fortalece no concorrido mercado das aéreas.

“Podemos esperar um aumento na procura do destino para o mês com mais opções de chegadas e partidas e com a comodidade que os novos voos proporcionam”, avaliou Gitane Klain, gerente da agência. “Teremos mais facilidade de vender o destino com pacotes com aéreo incluso chegando em Bonito e, assim, trabalharmos melhor o público fora do Estado.”

Voos o ano todo

Para o diretor-presidente da Fundtur/MS, Bruno Wendling, a ampliação dos voos para o melhor destino de ecoturismo do Brasil é resultado das ações estratégicas do Governo do Estado na captação de mais voos para Mato Grosso do Sul e a resposta de Bonito e região com a crescente demanda por mais assentos, com expectativa de alta taxa de ocupação em julho.

“Esse incremento de novos voos pelas duas companhias é muito significativo e reflete no trabalho que a fundação tem realizado nos últimos anos, com o objetivo de melhorar a logística e oferta de assentos ao nosso principal destino. O fluxo cresceu 50% e essa demanda é mais do que suficiente para Bonito receber voos diários durante o ano todo”, disse ele.

Lucas Alves Ferreira, presidente do Comtur (Conselho de Turismo de Bonito), avalia como altamente positivo o incremento de voos para julho, com reflexos diretos no aumento do fluxo de visitantes no mês. “A malha diária vem ao encontro da busca de Bonito por conexões mais rápidas e eficientes dentro e fora do país, atraindo um público com maior poder aquisitivo”, comentou.

Destaque

 O prefeito Josmail Rodrigues e a secretária de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Juliane Salvadori, receberam os integrantes do Instituto Ciudades Del Futuro (ICF), Gonzalo La Rosa e Nicole Facuri, vindos de Buenos Aires, Argentina. A reunião teve como objetivo discutir as tratativas para a realização da Feira Internacional de Destinos Inteligentes (FIDI) em Bonito, no ano de 2025.

A FIDI é um evento de grande relevância no cenário internacional, voltado para a promoção e compartilhamento de experiências e conhecimentos sobre o modelo de Destinos Turísticos Inteligentes (DTI). Com a expectativa de reunir cerca de 1.000 pessoas em Bonito no próximo ano, a feira representa uma oportunidade ímpar para a troca de ideias e ações voltadas para o turismo.

O evento será realizado pela Prefeitura de Bonito em parceria com a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul. A Feira Internacional de Destinos Inteligentes será um marco para Bonito e para o estado, impulsionando ainda mais a capital do Ecoturismo como um destino turístico de excelência.

Destaque

 O Festival de Inverno de Bonito promete agitar o cenário cultural em 2024 com uma programação diversificada e empolgante. Artistas renomados como Zé Ramalho, Olodum, Monobloco, Alexandre Pires, Sandra de Sá e a dupla Teodoro e Sampaio estão confirmados para animar o público durante o evento, que ocorrerá de 21 a 25 de agosto.

O secretário Marcelo Miranda, responsável pelas áreas de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania, confirmou a excitante programação. Além dos grandes nomes da música, o festival, em sua 23ª edição, oferecerá uma ampla variedade de atividades culturais, incluindo apresentações teatrais, de dança, e exposições de arte e artesanato. Este evento consagrado é uma celebração imperdível da rica diversidade cultural de Mato Grosso do Sul, destacando Bonito como destino turístico de destaque na região.

Festival

O Festival de Inverno de Bonito, considerado o principal evento cultural de Mato Grosso do Sul, continua atraindo multidões de entusiastas, especialmente devido aos seus renomados shows nacionais.

Em 2023, o evento registrou a presença de mais de 100 mil pessoas durante os cinco dias de celebração. O Palco das Águas foi palco de apresentações marcantes de artistas como Paulinho Moska, Maria Gadú, Fafá de Belém, Iza, Emicida e Trio Parada Dura, encantando o público presente.

Uma novidade que fez sucesso foi o Festival Bonitinho, destinado a promover a participação das famílias por meio de uma programação especialmente elaborada para as crianças. Shows de Palavra Cantada e Mundo Bita foram algumas das atrações que encantaram os pequenos e suas famílias durante o evento.