BONITO / MS

31º

21º

sexta, 20 de outubro de 2017

sexta, 21 de julho de 2017

As belezas de Bonito pela lente de um fotógrafo

Não é de hoje que Bonito é um dos destinos preferidos por fotógrafos do mundo inteiro graças as suas inúmeras belezas naturais, recebendo assim diversos prêmios de fotografia, mas nossa cidade também conta com grandes fotógrafos que ajudam a mostrar ao mundo o que Bonito tem de melhor.

Hoje tivemos a oportunidade de conversar com um deles, Diego Cardoso dos Santos, que está nesse ramo a alguns anos e já mostra uma incrível qualidade profissional.

Quem é Diego Cardoso dos Santos?

Bom, meu nome é Diego Cardoso dos Santos, nasci em janeiro de 1991, na cidade de Bonito, no interior do estado do Mato Grosso do Sul - Brasil, sempre fui apaixonado pela natureza, desde criança, vivi toda a minha infância e adolescência na fazenda da Barra, uma das primeiras RPPNs do Estado, me formei em Administração de Empresas pela Universidade para o desenvolvimento do estado e da região do Pantanal - UNIDERP em 2012.

Quando começou a fotografar vida selvagem?

Desde pequeno eu sempre gostei de fotografia, mas comecei a fotografar mesmo aos 19 anos, após concluir o curso de Fotografia de Natureza realizado pela Photo In Natura. Meu gosto pela Fotografia de Vida Selvagem e admiração pelos animais, especialmente por aves, fizeram com que eu me empenhasse cada vez mais em aprender a técnica e melhorasse o meu olhar fotográfico, assim quando participei e conquistei em 2013 o prêmio de 1º lugar na categoria de melhor fotografia no Avistar/MS e em 2014 o 1º lugar no concurso Fundect de Jornalismo Científico na mesma categoria, a vontade de me tornar de fato fotógrafo de vida selvagem ficou ainda mais evidente.


Rio Mimoso

Em Bonito/MS, o que você mais gostou de fotografar?

Ter nascido em uma cidade que é considerada destino turístico mundialmente conhecido por suas belezas naturais eu acredito que deixaram as coisas um pouco mais fáceis, afinal eu não precisei ir muito longe para obter paisagens e animais incríveis. Depois que comecei a fotografar comecei a ver Bonito com outros olhos, você começa a perceber detalhes que antes passavam despercebidos ao olhar, mas hoje eu vejo que a cidade possui um potencial gigante não só no turismo de massa, que envolve os passeios que já são realizados aqui como: flutuações, cavalgadas, passeios de bote, mas como outros modelos de turismo mais alternativos como, por exemplo, o Birdwatchingou Observação de aves, pois possui uma grande quantidade de aves em praticamente todo lugar que se olha, até mesmo dentro da cidade se você prestar atenção poderá ver araras, tucanos ou beija-flores facilmente. Então, em Bonito o que eu mais gosto de fotografar são aves e seus rios de águas cristalinas.

Arara Vermelha

Para você, o que a fotografia de natureza proporciona?

Desde jovem pude acompanhar de perto a rotina da maioria dos animais que fotografo hoje, assim eu pude entender de forma mais clara os seus comportamentos, não só com informações obtidas em livros, mas também os observando em campo. Minha busca principal na fotografia consiste em mostrar desde os comportamentos mais triviais até mesmo aqueles nunca registrados antes. Para mim a Fotografia de Vida Selvagem deve colaborar como ferramenta de educação ambiental, causando nas pessoas um impacto visual positivo sobre a espécie fotografada ou mesmo o ambiente onde ela esta inserida, fazendo com que se desperte um interesse maior pela sua preservação.

Tatu-Peba

Você fotografa somente natureza?

Não, atualmente eu trabalho com Fotografia de Vida selvagem, Arquitetura, imagens aéreas em alta resolução utilizando Drones e fotografia de pessoas em ambientes naturais, ou seja, sem usar luz artificial, uso apenas luz natural ou quando muito necessário um flash externo.


Pessoas em ambientes naturais

Rio Formoso

Diego Cardoso dos Santos
Contato: (67) 99115-0367 | 3255-2974
Email: diegocardosophoto@gmail.com
Portifolio online: www.fotografobonitoms.com
Bonito – MS
Brasil.

COMENTÁRIOS

Site desenvolvido por: