BONITO / MS

31º

21º

quarta, 05 de agosto de 2020

sexta, 15 de maio de 2020

Cassinos devem incentivar turismo no Brasil - decisão acontece nas próximas semanas

Hoje a realidade é diferente, mas muitos ainda lembram com saudosismo da época em que cassinos e casas de jogos eram os lugares mais glamourosos do Brasil.

Redação

 Pequenas cidades viam todo potencial do turismo com cassinos dentro dos hotéis para viagens em curtas de finais de semana ou feriados - e as grandes capitais construíram alguns dos principais pontos dos amantes dos jogos.

Muito se fala sobre a liberação novamente das casas de jogos no Brasil - foi algo levantado ainda durante o governo Temer, com a justificativa de uma arrecadação maior de impostos - e continua em pauta no governo do atual presidente Jair Bolsonaro, que levanta outras bandeiras, como a do desenvolvimento do turismo. O senado prevê uma votação do tema para as próximas semanas.

Benedito Lira, do PP de Alagoas, foi entrevistado recentemente sobre o assunto e explicou a importância do tema: “A ideia é sair da ilegalidade e depois veremos como serão as regras nãovai poder abrir cassino em qualquer lugar e a fiscalização não acontecerá imediatamente”, afirmou o parlamentar. De acordo com os estudos encomendados pelos parlamentares defensores da pauta, a legalização permitiria uma arrecadação de aproximadamente 20 bilhões de reais por ano para os cofres públicos.

Mesmo que a decisão aconteça nas próximas semanas, muito ainda deve ser discutido sobre o assunto e a probabilidade é que a decisão chegue no Supremo Tribunal Federal, para o martelo seja batido pelo colegiado.

Vale fazer uma retrospectiva do que aconteceu no Brasil nas últimas décadas. A proibição veio com o então presidente, Eurico Gaspar Dutra, no dia 30 de abril de 1946. A última partida de roleta no Brasil aconteceu mais precisamente no cassino do Hotel Copacabana Palace em 30 de abril de 1946, hoje local muito procurado para festas pela elite brasileira e turística. Naquela ocasião, operavam cerca de 70 casas de jogos legalizadas e homologadas no país, e quarenta mil trabalhadores eram empregados na indústria de jogos. A proibição gerou um forte baque econômico em várias cidades que viviam principalmente do turismo ligado a isso, como Petrópolis, Poços de Caldas, Lambari e outras. Pouca gente se lembra, mas durante um outro período também houve proibição. Foi entre 1917 e 1934 – a liberação veio com Getúlio Vargas. O mesmo aconteceu, posteriormente, com os bingos, que até hoje seguem fechados.

Considerada por muitos a Las Vegas brasileira, o jogo tornou-se um grande negócio para a cidade de Poços de Caldas, pela proximidade com grandes cidades da região sudeste e pelo clima agradável pela cidade.

Empregando muita mão-de-obra gigantesca e atraindo turistas de todo o Brasil, resultando, po rexemplo, na existência de voos regulares para a cidade, partindo das maiores capitais brasileiras (então São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte) após a inauguração do aeroporto em 1938.

Para os saudosos do glamour e dos encontros que a jogatina proporcionava, uma ótima (e fácil) opção é são plataformas como o da Betway Cassino, site de roleta. Você pode escolher entre caça-níqueis, roleta, Black Jack e até pôquer, tudo digitalmente.

Do ponto de vista artístico, cassinos também tiveram um papel fundamental no desenvolvimento de uma identidade brasileira reconhecida internacionalmente. É o que aconteceu com Carmen Miranda - que mesmo não sendo brasileira, ajudou a popularizar o Brasil e incentivou viagens ao país a partir de seus filmes e canções. As casas de jogos tiveram um papel fundamental no sucesso internacional da atriz e cantora. Depois do sucesso gigantesco com uma temporada estendida nos espaços dedicados a shows dos cassino brasileiros, começaram os rumores de que ela começaria uma turnê mundo a fora. O escritor americano Marc Connelly e a atriz Sonja Henje a assistirem um show no icônico Cassino da Urca e foi aí que tudo começou a caminhar internacionalmente para ela. A partir daí, foi convidada para ir para os Estados Unidos, com um primeiro show em Boston, com a casa lotada.

Depois, Nova Iorque, a cidade que nunca dorme e que é celeiro para grandes novos artistas. Na época, também era mais forte cinematográficamente, se equiparando a Los Angeles. Foi lá que Carmen chamou atenção de executivos da 20th Century Fox, começando sua carreira nas telas do mundo todo.

E você? O que mais sente falta dessa época?

COMENTÁRIOS

Site desenvolvido por: